A equipa do Progresso do Sambizanga venceu o Campeonato Nacional de Futebol de Sub-17, ao derrotar ontem o Petro de Luanda, por 5-2, no Estádio do Buraco, na cidade do Lobito, após marcação de grandes penalidades.

 

No final do tempo regulamentar as duas equipas encontravam-se empatadas a dois golos, facto que traduz o equilíbrio que se assistiu ao longo dos 90 minutos regulamentares. Nos penáltis, os sambilas suplantaram os petrolíferos e destronaram o 1º de Agosto.
O timoneiro Paulo Dias não escondeu a satisfação e agradeceu aos seus rapazes pela postura demonstrada durante a partida, tendo ainda reconhecido as qualidades do adversário: “O Petro é uma equipa forte. Chegámos a liderar o marcador, mas consentimos o empate. Nas grandes penalidades fomos mais felizes. Está de parabéns a minha equipa.” Pela equipa do Eixo Viário, Hélder Vicente era um homem inconformado com o desaire. Lamentou a derrota, mas reconheceu que foram infelizes na marcação dos penáltis. “Jogámos com uma equipa forte, bem preparada para nos contrariar. Conseguiu concretizar os seus intentos.”
Para chegar a esta final, o Petro, que já tinha afastado da competição a Académica do Lobito nos quartos-de-final, goleou a congénere do Huambo, por 5-1, nas meias-finais.
O Progresso venceu com dificuldades o Electro do Lobito, por 4-2, num jogo em que o equilíbrio prevaleceu até ao final, mas os sambilas foram mais felizes na concretização.
Na classificação geral, a terceira posição foi ocupada pelo Petro do Huambo, seguido por Electro do Lobito, Académica do Lobito, 1º de Agosto, Kilamba Kiaxi, Dom Bosco de Benguela, Sagrada Esperança e Benfica do Lubango.

 

Fonte: Jornal de Angola

 

Facebook Comments

Post a comment